segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Acerca do Post: Dar entendimento à vida - Chega de Ansiolíticos!

Surgiram comentários acerca do Post em que falo dos Ansiolíticos.

Não o escrevi em tom de crítica a quem toma anti-depressivos. Eu própria vivi à base deles durante quase 7 anos da minha existência. Sei que não é fácil. Eu nunca deixei para viver depois uma emoção e mesmo assim não consegui evitar o pânico, as apneias do sono e por aí..
Sei que nem todas as emoções se conseguem perceber, e sei que há energias em nós que não nos conseguimos livrar assim. Há quem tenha efectivamente de tomar anti-depressivos para conseguir entender primeiro o que tem de vivenciar. Esse tempo em que os tomam também é útil, mas cuidado porque é um tempo perigoso em que não estamos a ser nós mesmos. É preciso ter consciência disso e não ter medo de voltar a caminhar novamente sozinho. Tentar sempre! Eu tentei muitas vezes e na última delas foi possível.
Com o Post pretendi apenas criticar quem se "droga" no dia a dia, mesmo que ainda não esteja a sofrer. Porque é aí que está o problema! Não em quem sofre querer aliviar isso, porque é um direito que tem, um caminho possível, embora sem grande saída. Critico apenas quem ambiciona mais do que o seu corpo permite, para se tonar rentável à sociedade. Ou quem tenta acalmar o corpo sem perceber que tem primeiro de acalmar o ritmo. É a essas pessoas que dirijo o Post. Às que fumam, tomam cafés, estimulantes e depois calmantes para dormir quando ainda podem viver sem isso, bastando moderar os ritmos de vida. Pois a recorrer a pequenas drogas que ajudam o dia a render mais, não se respeitam a elas mesmas e nem a quem toma anti-depressivos e ansiolíticos por não ter grande opção. Porque efectivamente há situações, em que a pessoa chega a um ponto cujas hipóteses de opção são quase nulas. E eu que o diga!

Um comentário:

  1. Amiga, n te preocupes que eu entendi onde querias chegar ;)

    ResponderExcluir